“Quando eu era pequeno, achava que as Três Maiores Criações (Invenções ou Descobertas) da Humanidade eram a Escrita, o Orgasmo e a Roda.

Continuo achando.”

 

“Eu te valorizo não só pelas alegrias e prazeres que tive ao teu lado, mas também pela quantidade enorme de prazeres e alegrias que deixei de ter por tua causa. Não só pelos momentos maravilhosos que juntos vivemos, nós dois — ou nós três! — , mas também por aqueles momentos que eu teria certamente vivido com outras pessoas caso você não existisse aqui, dessa forma. Ou seja, eu te valorizo não só por teu amor exclusivo e gostoso — mas sim por todos os outros amores que por tua causa eu perdi. Nessa contabilidade amorosa sou tão rigoroso quanto a Lya Luft: atualizo todo dia um Balanço de Perdas e Ganhos. E espero que você faça o mesmo, pois a recíproca também é verdadeira. Enfim, olhando-me no verso profundo do teu espelho convexo, eu pergunto: Enquanto supúnhamos ganhar, quanta coisa será que perdemos, eu e você?”

MUDE

entojo

entojo

É alma que não se cala; Palavra que tira de tempo; Transbordo de sentimentos... Não é sopro, nem é v e n t o; É livre, leve e solta; É ar em m o v i m e n t o…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Social profiles
Close

UserOnline