O ESCOLHIDO

Será que alguém entende esse pranto, latente?Será que alguém ouve esse grito, estridente?Deve ser alguém que não vejo,Mas no fundo, desejo.Alguém que não conheço,Mas faz parte desse processo.Assiste à minha auto-flagelaçãoE condena minha auto-recriminação.Este alguém sabe que a melancolia não[…]

Continue reading …