A poesia sumiu!
Tá escondida num canto qualquer
Do meu pensamento.

Brisa dalilla =17/06/2004=

entojo

entojo

É alma que não se cala; Palavra que tira de tempo; Transbordo de sentimentos... Não é sopro, nem é v e n t o; É livre, leve e solta; É ar em m o v i m e n t o…

One thought on “A POESIA SUMIU!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Social profiles
Close

UserOnline