Old Diaries 2


Escrito em 26/04/2010 20:00 – comentários pós texto em cinza.

Já que não tenho patavina pra fazer mesmo, passei o dia relendo meus diários (“Diário não, agenda! Diário é coisa de guria!” [/DeaLemos] Ok, agendas.) e tendo acessos de riso e vergonha alheia. Se é que eu posso realmente usar o termo vergonha ALHEIA, já que a vergonha é de mim mesma há anos atrás. Bem… Continuando…

É legal quando você vê que a vida é mesmo cíclica, o mundo é uma bola e que não vamos cair quando chegarmos ao “fim do mar”. Bendito seja Galileu. Errrr… Ok, vamos ao fato de que minha vida continua ridícula e cômica, merecendo ganhar uma sitcom ao estilo de Two and a Half Man ou Friends, com direito àquelas risadinhas de fundo ao fim de cada piada escrota.

Porque ó, quer saber de escrotidão? Pergunte pra a especialista em lidar com situações escrotas, a mamãe aqui! PAUSE – Apenas para dizer que a MTV tá parecendo o shuffle do Winamp, escolhendo exatamente músicas da época pra animar o escrevinhamento desse texto – PLAY. Entããããão… Voltando. Minha mais nova teoria é de que, uma vez tendo uma vida escrota, sua vida para sempre escrota será. Não é possível que seja diferente! Se for, é melhor eu me matar logo. Ou começar a fazer shows de stand up comedy. *Deprimente*

Até pensei “Ó, vou voltar a fazer as honras com o Entojo e postar minhas situações de merda, pro povo rir de minha cara e achar bem legal ter uma vida de merda”. Mas ó, nem te conto. Minha vida tá tão merda que nem internet eu tenho nesse momento. Esse texto amável Será postado depois que eu conseguir DINHEIRO ou DIGNIDADE suficientes para pagar minhas contas e parar de receber ligações de cobrança. [No caso, eu vim roubar internet na casa de minha AVÓ. Digno, hã?]

Se bem que eu levo o ônus de estar sendo a rainha do gerúndio uma cobradora chata também, já que fiz uns bicos de ajudante de fotógrafa (ou produtora, como quiser) e não recebi o pagamento até então. Sabe, né… Neguinho que faz serviço pra prefeitura tem que se fuder mesmo. Se bem que em Itabuna é um reino onde a maioria das empresas age como a prefeitura: PAGA MAL ou NÃO PAGA. Ou seja, bico ou carteira assinada se transforma em TUDOAMESMAMERDA.

Incrivelmente me perdi no texto. Tô me sentindo nas aulas de redação do 3º ano, onde a professora cretina gritava “Não pode perder o foco! É tudo sobre foco! Se você fugir do assunto, nada de passar no vestibular!!!”. Pois é professora, pra você ver o quanto eu era focada. Passei numa particular, esqueci que tinha ficado por 9 na pública e não olhei as outras chamadas. SMART GIRL. Agora sim posso me comparar, feliz a satisfeita a ELIÉSER. Só falta eu ir pro BBB e mostrar o quão smartona eu sou.

Mas ainda tenho futuro. Bem já disse o Bial que as pessoas mais interessantes que ele conhece tem 40 anos e ainda não sabem o que fazer da vida. A única e sutil diferença é que essas pessoas bem provavelmente tem DINHEIRO pra pagar as contas. E também que não dá mais pra confiar no Bial.

Mas ó, não vou reclamar (mais) não. Ainda não cortaram a TV a Cabo, talvez a internet volte amanhã e dia 30 eu recebo a penúltima parcela do meu seguro desemprego. Mesmo sabendo que a grana vai toda pro cartão de crédito eu tô bem. Vou ficar aproximadamente 15 segundos com uma soma de dinheiro que eu não vejo há meses na mão. E vou renovar o limite do cartão. O que nos leva a um loop eterno de contas a pagar. Quer vida melhor, amigão?

=DDDD

Ps: Talvez no próximo post eu retome o assunto que eu comeceAhhhhh! Tá passando o clipe de “It’s Raining Men” com Ru Paul na MTV aeeeeeeeeeeeeeeee Nada melhor que uma música gay pra animar pra você vera noite. Vou tomar mais vinho Canção. Ainda tem uma garrafa. Abs


Sobre entojo

É alma que não se cala; Palavra que tira de tempo; Transbordo de sentimentos... Não é sopro, nem é v e n t o; É livre, leve e solta; É ar em m o v i m e n t o…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 pensamentos em “Old Diaries