#curtas


vadia 1

minha poesia é uma puta ruim
some no mundo sem dar uma mísera satisfação
e quando volta, se volta, quer ocupar seu lugar de “direito” como se nada tivesse acontecido.

vadia.


if you say…

“É hora de soltar o rosto franzido, engolir a saliva seca e apreciar o espelho… Enxergar o futuro junto do reflexo da poltrona da sala, na mesinha ao lado, com ou sem porta-retrato com a alma gêmea a vida há de ser boa, há de perdoar nossos erros e nossos impulsos, perdoar a nossa infinita humanidade que diante dos abismos das loucuras não nos permite nunca dizer não… We are young, we run free!” | Bam


eu quero

20120312-182747.jpg

eu quero brincar de querer você. brincar de fingir te ter, tocar, tecer. brincar de sonhar me emaranhar em teus cabelos e desejos. e brincar de poder ser seu desejo.

quero brincar de tentar te fazer sorrir, e sorrindo, brincar de poder te olhar dormindo. e nessa brincadeira de tanto querer, transformar o sonho em realidade, a cama em nossa verdade e meu desejo em seu prazer.


Como eu desconfiava

Sabe quando uma pessoa diz o famoso “não é você, sou eu.” e todos os tradutores de expressões cretinas e revistas femininas dizem que o problema na verdade é você, e você acredita? Então, sai dessa… Essa teoria é furada. O problema realmente pode ser com a outra pessoa… Believe me.


Edson fala por mim 2

Não existem verdades definitivas. O que existem são interpretações elaboradas sobre aspectos da realidade — logicamente comprováveis ou não — mas sempre necessariamente condicionadas pelo ponto de vista, pela visão do mundo, história de vida e capacidade intelectual de quem as propõe.”

Edson Marques

*Me ajudando a tirar a poeira deste blog entojado.*