dispensada de salvar universos

ESCREVER

Não se escreve somente por inspiração.
Para escrever é preciso um fato, um ato, ou qualquer motivação externa.
Escrever não é só “pá-pum”, e já foi, e acabou.
Por mais que se saiba o que falar,
É necessário pôr em ordem as idéias,
Senão estará apenas transcrevendo…
Mesmo que teu texto não tenha métrica, nem rima.
Se colocar tal palavra abaixo ou acima.
Não importa!!
Para chegar a isso você tem de parar e pensar,
Avaliar e ponderar,
Viver e sentir tua inspiração.
Escrever não é para preguiçosos
Ou para os que não se dão ao trabalho de pensar.
Escrever é cansativo, trabalhoso…
E no fim: MARAVILHOSO!
Escrever é uma bênção tão grande,
Uma dádiva tão inestimável,
Que neste emaranhado de letras e pontos desconexos,
Não consigo transmitir a magnitude do que sinto ao escrever-te,
Muito menos o que vais imaginar ao ler-me.

É, eu sei, é tudo muito estranho.
Mas pode encarar isso como um desabafo tolo.

Estou apenas escrevendo versos.
Estou apenas transcrevendo idéias.
Estou apenas vivendo,
Através duma simples folha de papel.

Brisa Dalilla =15/01/2007=

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um pensamento em “ESCREVER”