dispensada de salvar universos

Negação

Não,
Não vai,
Não vai agora,
Não vai agora assim,
Não vem agora dizer pra mim,
Não vem dizer que é assim,
Não me diz que é medo,
Não diz que o medo é de mim,
Não faz do medo uma barreira,
Não diz que isso aí é besteira,
Não faz pouco caso,
Não me deixa por baixo,
Não diz que eu tô sempre errada,
Não diz que sou maluca, abobada,
Não vem com essa história absurda,
Não vem falando com essa voz aguda,
Não me deixa sem chão,
Não vem me dizer que não,
Não vem me achar feia,
Não diz que eu fiz bobeira,
Não grita comigo,
Não diz que é só amigo,
Não me deixa a perigo,
Não me larga no ato,
Não me faz de gato e sapato,
Não me deixa na mão,
Não esqueça que tenho coração,
Não me larga no chão,
Não me implora perdão,
Não diz que não me ama,
Não.

Brisa Dalilla =04/2004=

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *