dispensada de salvar universos

Desejo Contido

Beber, fumar e pensar besteiras.
Obscenidades…

Não importa o teor,
Importa a intensidade!

Intensidade da imaginação,
Do cheiro ou do desejo contido.

Intensidade do pejo
Que não emudece. Não arrefece…

Ah… Vem…
Canta!
E canta forte e ALTO!
Que o desejo contido MATA!

Brisa Dalilla =15/05/2008=

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *