dispensada de salvar universos

Tempestade de nós


Temos meteorologia, física e química próprias.
Somos iguais que se atraem (e se distraem!!).
Corpos soltos que se misturam e se contraem.
Corpos do tipo opostos, e sempre a postos!
Mistura homogênea, como bem disse a Palladino.
Desafiamos a gravidade, abusamos da força,
velocidade e aceleração nos corpos em interação.
Manipulamos o nosso tempo, fazemos clima.
Quase sempre é tempestade (de nós)
Se é pra esquentar, esquentamos.
Se queremos chover, chovemos.
Entramos em ebulição.
Só não secamos,
Ou esfriamos.
Isso não!

Pedro Camena =10/05/2008=

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *