dispensada de salvar universos

LIBERDADE CONTROLADA

vou passeando do meu jeito, sem dizer nada
curtindo a minha liberdade controlada
pisando forte nas flores do caminho torto
da forma que mais me satisfizer
cantando, beijando, transando esse espaço todo
que é meu
que tá debaixo dos meus pés
que pisam forte nas flores ressecadas e esquecidas
por ela, por você, por mim.

vou passeando do meu jeito, sem fazer nada
curtindo a minha liberdade controlada
estragando os sentimentos das pessoas do caminho torto
menosprezando o que antes achava tão louco
e louco é bom sim, mon amour
loucura é o que me move
e que move a terra debaixo dos meus pés
recheada das flores esmagadas e esquecidas
por todos a nossa volta.

ah! e eu vou assim, do meu jeito estranho
passeando na estrada
curtindo minha liberdade controlada
sabendo que você sabe o que sinto
sabendo que você mente como eu minto
sabendo de tudo que já foi e o que pode me perder
sabe porquê, benzinho?
essa história pode até ser nova
mas pela experiência eu já tenho a prova
de que nos meus sonhos eu já vi tudo acontecer

brisa dalilla =nestantinho=

Deixe uma resposta para eilin Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 pensamentos em “LIBERDADE CONTROLADA”