dispensada de salvar universos

sabe, tchurururu…

Minha cabeça é uma coisa louca, sabeammm… É, pra explicar bem explicadinho, um antro de pensamentos desconexos descontrolados e impossíveis de se prever (até por mim mesma). Tipos quando você acorda com a maior certeza da sua vida e tá super *aceitativa*, porque realmente é a decisão mais acertada e talz. Aí, pans, passa um mísero minuto e você já não sabe mais de nada. A decisão tão certa é uma merda e já não sabe o que fazer da vida casar ou comprar uma bicicleta. Faz favor, GOD de my life, na próxima encarnação me faz homem, ou quem sabe uma pessoa corretinha que só tem que pensar em coisas banais. Tá bom, eu penso coisa banal pra caralho… Mas no meu caso reflete inteligência e sagacidade (=D).
Bah! Deve ser prrrq é hora de dormir e meu organismo é um enfant terrible, que frequentemente (trema? niente!) me embaraça nas horas mais impróprias e não me obedece meishmo! Queria virar a noite falando baboseiras, mas quem guenta? Pálpebras pesam, cabeça pesa, coração… Ah! Esquece o coração! Esse aí já tá lascado em banda… 😛
beijosmebipem :*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 pensamentos em “sabe, tchurururu…”