dispensada de salvar universos

citações randômicas da madrugada

São 04:25 da madrugada. Acordei de um pesadelo e entrei em outro. Ando assim, caindo, aos tropeços, aos pedaços. Não sei mais o que é viver sem peso. E que vem de todos os âmbitos da vida. Ando perdida com coisas que sei que não posso resolver. AGORA… Mas quem sabe o que haverá de aparecer em outros dias? Pode ser que sejam soluções… Mais problemas… Preparada? Talvez sim, provavelmente não… Por mais que digamos o contrário, nunca estamos preparadas para certos tipos de coisa. Ah…. Porque vocês insistem em me desafiar, em não acreditar em mim, em não acreditar nas coisas que digo e sinto? Eu sinto errado, falo errado, penso errado? Qual é!!! Tem tanta transparência aqui! Apesar de que, sei que por mais que eu ache que sou fácil de entender, só um indivíduo foi capaz de me compreender quase que totalmente e mesmo assim não soube “ser” comigo. Onde tá o erro? Comigo mesma? Quer saber de uma…. FODAM-SE. Sei que eu pareço que ainda tô atrasada, em lag eterno… Mas só estou tentando eliminar os fantasmas (os meus e os alheios) que insistem em pertubar minha vida, já atribulada. Para o presente, só deixo a minha loucura estampada na cara (que vem retornando aos poucos, observem). E na minha cabeça e coração permanece a intuição de que quando eu acordar do pesadelo ainda pode ser pior que isso tudo…

Deixe uma resposta para Diva Brito Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um pensamento em “citações randômicas da madrugada”