dispensada de salvar universos

Repercussão ão ão ão […]

Senta aí, que lá vem post grande. É gente… Desde o último post muuuuita coisa aconteceu por aqui, né?. Tô tontinha ainda… Primeiramente a quantidade de visitas a este – sempre humilde – blog, que pularam de míseras 15 a 20 por dia (quando muito!) para mais de 2 mil!!
E isso porque eu tô olhando o relatório de anteontem… Hoje o negócio esquenta mais ainda, porque o pessoal que tava fora no final de semana volta querendo se inteirar de tudo. Ou seja, mais coisas vem por aí!

Claro que todo mundo sabe que esse boom vem da divulgação do vídeo da minha Colação de Grau em ADM na FTC de Itabuna/Ba. Primeiro pelos fofos do TRETA, que me descobriram bem antes da colação, quando ganhei uma camiseta na promoção da Humoda. O sagaz Ivo Neuman vistou meu blog e deu de cara com o FAQ explicando meu nome. Pronto, publicou no TRETA e o Entojo bombou de visitas. Nessa época eu já deveria ter assinado o Adsense, né… #idiot

Mas, dessa vez a divulgação foi mais longe. Nosso já conhecido Kibe, ultrapassou novamente as fronteiras de kibagem da interwebs e os preceitos do movimento USURA NÃO!, publicando o vídeo sem os devidos créditos pro TRETA e com meu apelido trocado (de bLi para Bri). Não vou nem reclamar, porque esse foi o estopim para a viralização do vídeo.

A partir daí eu, que estava super feliz com as primeiras 400 visualizações, e já achando o máximo ter um vídeo tão visitado, tive que lidar com o babado forte de ficar entre os mais populares do Youtube! Até na capa da categoria de Entretenimento eu fui bater. Ó só:
(clique na imagem para aumentar)

Hoje o vídeo conta com mais de 122 mil visitas e como sei que as contagens do Youtube demoram um ano luz para dar reload, daqui há alguns minutos o negócio pode ter aumentado e muuuito… Não posso dizer que não tô gostando. Tô adorando!! =D Sempre fiquei hipnotizada com a força das mídias sociais e com a rapidez que elas tem de fazer alguma coisa bombar. E estar olho do furacão é, no mínimo, excitante!

Como twitteira fanática, fiquei super lisonjeada em receber menções de algumas arrobas que eu sigo como se fossem meus íntimos (*-*). Citando alguns: @treta, @ivoneuman, @catupiry, @bqeg, @e_d_e_n. Meus amigos no twitter também tão gerando o maior buzz entre seus seguidores, e o negócio tá tomando uma proporção BACANA [/edinho].

Fora reproduções de post em diversos blogs em nível nacional, o pessoal daqui da região também está me procurando para saber o que houve… Dos sites daqui do sul da Bahia, já saíram notas no Radar Notícias e no Pimenta na Muqueca, ambos de muita credibilidade na região. Recebi também ligação de uma emissora de TV local e de alguns jornais impressos, mas isso já é tema para outro post. =D

Aonde eu espero chegar com isso? Na Globo? No SBT? No programa do Rodrigo Faro? Sinceramente, não. Só gostaria de chegar num lugar desses por meu trabalho! Nunca como uma sub-web-celebridade, geradora de notinhas no EGO, que não tem nada a oferecer. A única proposta louvável no momento seria de uma oportunidade de EMPREGO. Um entrevista, que seja.

Pra quem não sabe, Itabuna (onde moro) é uma cidade que passa por uma situação desesperadora quando se fala sobre geração de empregos. Segundo o Pimenta, Itabuna só gerou 9 empregos de carteira assinada nos 2 primeiros meses de 2010. Eu sei que meu currículo é muito bom, já trabalhei em diversas áreas diferentes, tenho experiência, formação superior, cursos diversos, inglês fluente e, principalmente, vontade de trabalhar! E sei que as coisas não estão fáceis pra ninguém, mas eu ainda insisto em acreditar que inchar os grandes centros em busca de uma melhor colocação não é a melhor solução. Ainda acredito que Itabuna pode voltar a oferecer aos seus cidadãos, formas sobreviver e investir na cidade!

Olha, tô passada. Ultimamente não tenho feito posts sério aqui. Mas ó, isso é sério mesmo. O vídeo é interessante, é diferente, meu nome é enorme (como o de meus irmãos, que contarei no próximo post) e eu me divirto com isso. Ponto. Mas isso não vai pagar minhas contas, né não? Ou você acha que o Lucas Celebridade vive só de twittar que quer ser famoso? Ele quer a fama a qualquer custo, mas apresenta seus eventos, faz seus programas de rádio, se promove, ESTUDA (eu poderia ter procurado exemplo melhor, mas, bah! Foda-se! :P).

Se ele não conseguir a fama, como vai ser a vida dele? Vai ter que se basear na formação, no curso superior,  ir atrás de emprego em sua área, ser professor, o que seja! Mas o caso é, hoje em dia os jovens saem da faculdade sem ter qualquer rumo! Durante a faculdade é muito fácil conseguir um estágio. Paga-se pouco, o empregador não tem nenhuma obrigação trabalhista, nenhum custo extra.

Mas depois que a faculdade acaba, cadê? São raras as empresas aqui da região que oferecem oportunidades. E a situação deve ser a mesma em todo o Brasil. Às vezes não ocorrem contratações pelas dificuldades mesmo, mas em sua maioria mostram a empresa querendo fugir dos custos. E aí contratam estagiários que às vezes nem estudando estão, burlam as regras, para ter um funcionário barato e que trabalha como o que recebe todos o direitos.

Me alonguei demais… Mas é que esse assunto me deixa muito revoltada. Por hora, continuem vendo o vídeo, gerando o buzz, publicando sobre… ME AJUDEM! Quem sabe eu não apresento esse case para uma agência web e eles me convidam pra trabalhar. “Ei, não contrata a @twittess, ‘contrata eu’!!”

Um beijo e dois queijos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 pensamentos em “Repercussão ão ão ão […]”