dispensada de salvar universos

sobre deus

Deus não é pai, não é brasileiro, não é um piadista. Não curte minissaias, não gosta de drinks, não anda de bicicleta. Deus não é elegante, não é asseado, não é onívoro. Não gosta de preliminares, não faz exercícios, não leu o livro Deus, se existe, é uma espécie de aliciador de menores em algum  fliperama gerenciado por um casal de taiwaneses alcoólatras e coniventes. Porque ele paga algumas fichas, deixa você se divertir e, quando menos você espera, ele quer colocar seu rabo. E Deus não tem senso de humor algumEssa parte de conseguir levar as coisas mais absurdas e inesperadas e rir de tudo, isso fica inteiramente por nossa conta.
.
surrupiado levianamente do savoir-faire do criativo rafael barba

Deixe uma resposta para Brisa Dalilla Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 pensamentos em “sobre deus”