RIP

o retrato se mostra caladoesperando o tempo passar,e meu gosto, aqui, não provadoquerendo a fome matar.na chuva e na bossao medo faz troçacom o desejo,e o o que não vejoé o mundo em segredoescondido de todos e de si mesmo.prevendo[…]

Continue reading …

papa don’t preach

minhas cicatrizes são mapasmeu erros, escadaspara alguma tranformaçãoque não sei onde vai começarou terminar minhas dores são besteirasas crises, passageiraspara algum objetivo infantilque não sei porque aconteceou se esquece minhas lágrimas são precesas poesias, exegesespara algum livro esquecido na estanteque[…]

Continue reading …

TUFÃO

Começo por onde devo.Me apego.Não me nego!Me entregoE aceito. Envolvo.Comovo.Com meu entojoE minha alma transtornada. Viro pulsação pura.Rasgo a roupa!Te [e me] sinto. Chego ao êxtase.Gozo até a última gota… Amo, estremeçoE entorpeço.Aí pronto, acabou?Não… Isso não acaba,Não finaliza!Até que[…]

Continue reading …

difícil

difícil tentar dizer, quando não há nada a ser ditodifícil acreditar no que não está escritodifícil ver as coisas com olhos crédulos difícil acreditar nas pessoas que amamosdifícil se desfazer de histórias passadasdifícil tentar ser a perfeita namorada difícil passar[…]

Continue reading …

Gerundismos

Vou deixando o tempo passar,o dia acabar,a semana terminar Vou deixando de lembrar,deixando de desejar ,deixando de pensar Vou deixando a vida me levar,sua vida lhe guiar,nossa vida se afastar Vou deixando pessoas se aproximarem,novos rostos se mostrarem,outros sentimentos brotarem[…]

Continue reading …

mots sincères*

(eu falo por…) -você- dormir cansado (do mundo).acordar cansado (de tudo).perecer… per-ma-ne-cer… isso está tão errado, e só você não vê. tempo? não há tempo. o momento não vivido não arrefece o sentimento.só potencializa,aumenta,define. meus fantasmas rondam, ameaçam… sobrevoam a[…]

Continue reading …