dispensada de salvar universos

Casos

Eu procuro um caso qualquer,
Ou por acaso um acaso,
De alguém que não crie caso,
Pra ter um caso comigo.
Quero um caso pra ver se caso,
Ou se descaso com o acaso,
Desse destino maldito!!
Que não quer me dar um casinho,
Só pra eu não ficar na mão,
Nesse descaso da solidão…

Brisa Dalilla =10/2003=

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *