dispensada de salvar universos

REFLETIR

Espelho no sol
Para refletir raios que não vejo.
Invisíveis, indivisíveis.
Falsos raios de um sol distante e frio.

Espelho no céu
Para cobrir toda minha angústia
Guardada a sete chaves
No peito espelhado…
Espalhado em mim.

Que não veja,
Que não deseje.
Que não sinta,
Nem queira.
Espelho cínico que espatifo com as mãos
Para ferir a quem merece,
Pois quem me merece tem de sofrer.

Espelho no sol
Para refletir a luz que almejo.
Futuro, misto de sonho e desejo.
Longe de ser o que deve ser.
Longe de ser algo longe de você.
Longe e muito longe de acontecer.

Brisa Dalilla =24/03/2008=

*Eu nunca mais quero me sentir como naquele dia…*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um pensamento em “REFLETIR”